CADASTRO

Para comprar e vender Ouro com a Parmetal, preencha nosso formulário online. Clique nos botões abaixo para criar ou acessar seu perfil.

Pessoa Física Pessoa Jurídica

PASSO A PASSO

01. Preencha os formulários de cadastro.
02. Imprima os documentos gerados, confira suas informações e assine nos campos assinalados.
03. Entregue os documentos impressos juntamente com o restante da documentação solicitada na agência mais próxima de você. Entraremos em contato informando a efetivação de seu cadastro.

Acesse o tutorial aqui
  • loading


    OURO ATIVO FINANCEIRO

    Conheça as vantagens de comercializar Ouro com a confiança
    e experiência que a PARMETAL oferece para você.

1
/
3
/

Competência, Agilidade e Confiança em operações com Ouro

A ``Parmetal DTVM`` é uma instituição financeira autorizada pelo Banco Central do Brasil (Bacen) e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e é especializada na negociação de ouro ativo financeiro, sua principal atividade.

Cotações Agora (R$/g)

*Preço de negociação pode variar ao longo do dia

Notícias e Artigos

Confira aqui as novidades e nossas avaliações sobre o que está acontecendo no mercado do ouro.
Ações Banco Central Bolsa de valores Commodity Cotacao Dólar Economia EUA FED Nova York Ouro

Decisão do FED Mantém Mercados de Risco Atraentes

15 de dezembro de 2017
Publicado:Por Jason Vieira Por: Investing.com A última reunião de Janet Yellen frente ao FOMC, comitê de política monetária do Federal Reserve não trouxe sinais significativos dos próximos movimentos de juros, conforme citamos ontem. Com o CPI dentro das projeções, com o núcleo ainda distante do que se considera a meta do comitê, a indicação de cautela foi o movimento mais correto, principalmente com a saída de Yellen do cargo no próximo ano. Ao mesmo tempo, ao indicar as tradicionais elevações para 2018, o Fed ainda insiste na normalização da taxa de juros, em vista à necessidade de equalização das taxas ao cenário macroeconômico. Mantida a linha considerada moderada, as elevações de juros no Fed têm potencial limitado tanto na atração de investimentos globais, como na elevação do dólar, o que se pode considerar positivo aos mercados de risco e por fim, ao emergentes como o Brasil. Atenção hoje as decisões de juros na Zona do Euro e Reino Unido. CENÁRIO POLÍTICO Vai acontecer, não vai acontecer. Adia, não adia. Este é o cenário da reforma da previdência nas últimas semanas, intensificado ontem com a notícia do adiamento para fevereiro por parte de Jucá. Todavia, o mesmo foi desautorizado a indicar o adiamento por Meirelles e Temer, este último internado para um procedimento cirúrgico em São Paulo. Há notícias também que discussões internas entre os presidentes do Senado e da Câmara seriam o real motivo para mais um atraso nas votações, demonstrando cada vez mais menor interesse institucional entre nossos legisladores. No cenário de 2018, apesar de sequer ainda ter sido julgado, o PT já avalia um cenário sem o ex-presidente e busca as possíveis alternativas, entre Haddad e Wagner. Em resumo, o cenário da eleição presidencial continua cada vez mais indefinido. CENÁRIO DE MERCADO A abertura na Europa é negativa na sua maioria e os futuros NY em alta, na expectativa pode decisões de juros na Europa. Na Ásia, o fechamento foi positivo por conta do resultado do FOMC. O dólar opera estável contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam no positivo em todos os vencimentos observados. Entre as commodities metálicas, a alta é generalizada, com destaque para o minério de ferro no porto de Qindao e para o ouro, por conta do dólar mais fraco. O petróleo em alta em ambas as praças, porém as movimentações dos produtores de óleo de xisto começam a incomodar os produtores. CÂMBIO Dólar à vista : R$ 3,3174 / -0,05 % Euro / Dólar : US$ 1,18 / -0,042% Dólar / Yen : ¥ 112,79 / 0,222% Libra / Dólar : US$ 1,35 / 0,246% Dólar Fut. (1 m) : 3318,86 / -0,51 % JUROS FUTUROS (DI) DI – Julho 18: 6,72 % aa (-0,12%) DI – Julho 19: 7,59 % aa (-0,52%) DI – Janeiro 21: 9,26 % aa (-0,64%) DI – Janeiro 25: 10,59 % aa (-0,66%) BOLSAS DE VALORES FECHAMENTO Ibovespa: -1,22% / 72.914 pontos Dow Jones: 0,33% / 24.585 pontos Nasdaq: 0,20% / 6.876 pontos Nikkei: -0,28%
Banco Central Bolsa de valores Commodity Dólar EUA FED Nova York Ouro Prata

Preços do ouro próximos à máxima de 1 semanas devido ao dólar mais fraco

15 de dezembro de 2017
Publicado:(15.12.2017 06:00) Por: Investing.com Os preços do ouro flutuavam próximos à máxima de uma semana nesta sexta-feira, já que preocupações com o plano de reforma tributária nos EUA pesavam sobre o dólar e com mercados ainda assimilando a mais recente declaração de política monetária do Federal Reserve. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, contratos futuros de ouro avançavam US$ 1,80, ou cerca de 0,15%, chegando a US$ 1.258,90 a onça troy por volta das 06h00, descolando-se de US$ 1.261,50, máxima de uma semana atingida na quinta-feira. A moeda norte-americana estava sob pressão após senadores norte-americanos do Partido Republicano buscarem, na quinta-feira, mudanças na proposta de projeto de lei de reforma tributária dos EUA. O projeto precisa de maioria simples para ser aprovado no Senado e os republicanos possuem apenas 52 dos 100 assentos. Na quarta-feira, o Fed elevou as taxas de juros em 0,25 ponto percentual para 1,50% na conclusão de sua reunião de política, o que se alinhava às expectativas. No entanto, o banco central não alterou suas projeções para 2018, que incluem mais três aumentos dos juros tanto em 2018 quanto em 2019, frustrando expectativas de mais quatro aumentos no ano que vem. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,16% para 93,50. O ouro é sensível a movimentos tanto nas taxas de juros dos EUA quanto no dólar. Um dólar mais fraco torna o ouro mais barato a detentores de moedas estrangeiras, ao passo que um aumento nas taxas de juros dos EUA aumenta o custo de oportunidade de se ter ativos de baixo rendimento como o metal amarelo. Ainda na divisão Comex, contratos futuros da prata avançavam 0,16% e eram negociados a US$ 15,96 por onça troy. Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/precos-do-ouro-proximos-a-maxima-de-1-semanas-devido-ao-dolar-mais-fraco-555702
Bolsa de valores Commodity Cotacao Dólar EUA Moedas Nova York Ouro

Preços do ouro reduzem ganhos, mas mantêm sustentação

14 de dezembro de 2017
Publicado:(14.12.2017 11:43) Por: Investing.com Preços do ouro reduziam os ganhos nesta quinta-feira após a divulgação de dados positivos dos EUA, mas o metal precioso permanecia com sustentação, próximo à máxima de uma semana, já que a mais recente declaração de política monetária do Federal Reserve continuava a pesar sobre o dólar. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, contratos futuros de ouro avançavam US$ 7,40, ou cerca de 0,59%, chegando a US$ 1.256,00 a onça troy por volta das 11h40, descolando-se de US$ 1.261,50, máxima de uma semana atingida no início do dia. Nesta quinta-feira, dados mostraram que as vendas no varejo dos EUA subiram pelo terceiro mês consecutivo em novembro e outro relatório mostrou que os pedidos iniciais de seguro-desemprego inesperadamente tiveram redução na semana passada. Em uma ação amplamente esperada, o Fed elevou as taxas de juros em 0,25 ponto percentual para 1,50% na conclusão de sua reunião de política monetária na quarta-feira. No entanto, o banco central não alterou suas projeções para 2018, que incluem mais três aumentos dos juros tanto em 2018 quanto em 2019, frustrando expectativas de mais quatro aumentos no ano que vem. Em outras notícias, republicanos no Congresso chegaram a um acordo sobre a legislação tributária final na quarta-feira, abrindo o caminho para a votação final na semana que vem. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,11% para 93,32, seu nível mais baixo desde 6 de dezembro. O ouro é sensível a movimentos tanto nas taxas de juros dos EUA quanto no dólar. Um dólar mais fraco torna o ouro mais barato a detentores de moedas estrangeiras, ao passo que um aumento nas taxas de juros dos EUA aumenta o custo de oportunidade de se ter ativos de baixo rendimento como o metal amarelo. Ainda na divisão Comex, contratos futuros da prata tinham alta de 0,73% e eram negociados a US$ 15,98 por onça troy. Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/precos-do-ouro-reduzem-ganhos-mas-mantem-sustentacao-555477
Banco Central Bolsa de valores Câmbio Cobre Commodity Dólar Economia EUA FED Nova York Ouro

Ouro sobe à máxima de uma semana após aumento dos juros do Fed

14 de dezembro de 2017
Publicado:(14.12.2017 08:01) Por:Investing.com O ouro subia à máxima de uma semana nesta quinta-feira, já que o Federal Reserve elevou as taxas de juros em meio à crescente preocupação de que a inflação estaria estagnada. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, contratos futuros de ouro avançavam 0,74% para US$ 1.257,80 a onça troy às 07h57. Na quarta-feira, o Comitê Federal de Mercado Aberto do Federal Reserve elevou as taxas de juros pela terceira vez em 2017 conforme já era esperado, prevendo mais aumentos de juros apesar das preocupações com o ritmo lento da inflação. O ouro é sensível a aumento das taxas de juros norte-americanas, o que aumenta o custo de oportunidade de se ter ativos de baixo rendimento como o metal amarelo, ao passo que o dólar, moeda na qual o metal é cotado, é impulsionado. Membros do Fed também elevaram suas projeções de crescimento econômico em 2017 para 2,5%, ao passo que se espera que o crescimento em 2018 fique em 2,5%, aumento de 0,4% a partir da projeção de setembro do Fed. O ouro também foi impulsionado por comentários de Donald Trump, presidente norte-americano, que afirmou ter esperanças de sancionar o projeto de lei de reforma tributária “em um período muito curto de tempo”. O tão esperado projeto de lei reduziria as alíquotas de pessoas jurídicas de 35% para 20%, o que os investidores acreditam que ajudaria as empresas a investir mais e impulsionar a economia. Enquanto isso, o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,06% para 93,46. Os dados mornos da inflação pressionavam o dólar, já que investidores baixavam suas expectativas de ritmo mais acelerado de aumentos de juros no ano que vem. Na quarta-feira, o Departamento de Trabalho afirmou que seu índice de preços ao consumidor subiu 0,4% em novembro. No entanto, em comparação ao ano passado, o núcleo da inflação ficou abaixo das expectativas, subindo apenas 1,7%. Ainda na divisão Comex, contratos futuros da prata avançavam 1,24% e eram negociados a US$ 16,065 por onça troy. Entre outros metais preciosos, a platina avançava 0,97% para US$ 883,85, ao passo que o paládio recuava 0,21% para US$ 1.001,92 a onça. Enquanto isso, contratos futuros de cobre subiam 0,28% para US$ 3,062 a libra. Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/ouro-sobe-a-maxima-de-uma-semana-apos-aumento-dos-juros-do-fed-555423
Bolsa de valores Câmbio Dólar EUA Nova York

Os Futuros de Ouro subiram durante a sessão dos Estados Unidos

14 de dezembro de 2017
Publicado:(13.12.2017 16:45) Por: Investing.com Os Futuros de Ouro subiram durante a sessão dos Estados Unidos na quarta-feira. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros de Ouro em Fevereiro foram negociados na entrega a US$ 1.251,00 por onça troy no momento da escrita, subindo 0,75%. Anteriormente negociadas na alta da sessão a US$ por onça troy. O Ouro estava propenso a encontrar apoio em US$ 1.238,30 e resistência em US$ 1.254,40. O Índice Dólar Futuros, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, registrou perdas 0,27% para negociação a US$ 93,81. Em outra parte da Comex, A Prata para entrega em Março registrou ganhos 1,70% para negociação a US$ 15,935 por onça troy enquanto O Cobre para entrega em Março registrou ganhos 0,99% para negociação a US$ 3,053 por libra-peso. Os Futuros de Ouro subiram durante a sessão dos Estados Unidos Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/os-futuros-de-ouro-subiram-durante-a-sessao-dos-estados-unidos-555293

Quero Comprar Ouro

Comprar Ouro é muito simples. Todo ouro vendido pela empresa é considerado ativo financeiro e não mercadoria. O ouro poderá ficar custodiado na empresa, para posterior retirada ou negociação, bem como ser entregue no endereço do cliente (consulte custos de entrega). Tecle em ``Saiba mais`` se deseja mais informações sobre como comprar, conhecer nossos lingotes e moedas; e conhecer como funciona a custódia de ouro. Saiba mais

Quero Vender Ouro

Vender seu ouro não é complicado. Se ele já estiver custodiado na empresa é só fechar a operação por telefone e aguardar o pagamento em questão de minutos. Se, no entanto, ele estiver em seu poder, precisaremos saber sua pureza (se não for puro, haverá o custo de refino) e conhecer sua origem (investimento ou mineral) para adotarmos os procedimentos fiscais adequados. Tecle em ``Saiba mais`` para entender os procedimentos.Saiba mais