A NOTÍCIA QUE IMPACTOU NA COTAÇÃO DO OURO E DO DÓLAR ENTRE 06 E 12/04

7 anos atrás
Home  /  Cotacao  /  A NOTÍCIA QUE IMPACTOU NA COTAÇÃO DO OURO E DO DÓLAR ENTRE 06 E 12/04

Boletim PARMETAL DTVM

Ano 2 – Edição 21 – ABR/2015 – de 06 a 12

A Notícia que Impactou na cotação do ouro e do dólar entre 06 e 12/04

Dados sobre a economia americana indicam que os índices de emprego não foram o esperado.

Mas quais os impactos e o que essa informação pode nos dizer?

Muitas são as possibilidades e eu vou fazer um brainstorm de como essa notícia poderia impactar no core business da sua empresa ou dos seus investimentos:

1º) o meu consumidor são os americanos de classe social “x”, então o baixo crescimento no emprego poderá manter constante o consumo do meu produto, ou por conta de um cenário de incertezas, o consumo seria reduzido e a minha empresa teria que procurar novos mercados;

2º) O banco central americano (FED) deverá manter ou reduzir os juros para estimular os investimentos. Se eu tenho títulos do governo americano, eu serei menos remunerado com uma queda nos juros ou, tendo em vista esse cenário e nenhuma medida para estimular o investimento e o emprego seja anunciada, podemos supor que talvez a economia americana andará de lado e o consumo e investimento se estagnarão, bem como a arrecadação e os gastos do governo. Ou ainda, se o governo fugir da lógica econômica e aumentar os juros para atender a uma necessidade de caixa, os empresários irão direcionar o seu capital disponível para títulos do governo e não irão investir na produção, portanto não expandirá nem o emprego e nem o consumo.

3º) Tendo como um cenário provável uma melhora nos indicadores econômicos, o governo eleve os juros para captar recursos, já que não terá um impacto na produção por conta da possibilidade de incremento no consumo interno e possível expansão, por consequência, dos investimentos e do emprego.

Porém, das três possibilidades, a que preocupa mais os mercados internacionais é a possibilidade do FED aumentar os juros e ocorrer uma migração dos recursos monetários disponíveis espalhados pelo globo para os títulos “seguros” do governo americano. Isso acentuaria o enfraquecimento do R$ no Brasil, que hoje é dependente do capital externo e de exportação de commodity (que perde valor a cada dia por conta da queda no crescimento chinês) para manter ajustada a Contabilidade Nacional. Então, a notícia da piora no emprego dos EUA fez com que os juros por lá não subisse e o US$ recuasse, aliviando a pressão sobre a necessidade de intervenção do Bacen no câmbio.

Moacir Camargo – Economista Parmetal DTVM

 

Logo ajustado Parmetal para boletins

Categories:
  CotacaoEconomiaJoalheria
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 400