Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

2 anos atrás
Home  /  Ações  /  Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

A trader looks at screens while working on the floor of the New York Stock Exchange (NYSE) in New York

Publicado:  (06.06.2017 06:46)

Por: Investing.com

Confira as cinco principais notícias desta terça-feira, 6 de junho, sobre os mercados financeiros:

1. Bolsas do mundo caem em negociações avessas ao risco

Bolsas de valores do mundo inteiro estavam majoritariamente em baixa nesta terça-feira, já que investidores evitavam ativos arriscados antes de eventos possivelmente mobilizadores do mercado previstos para esta semana, incluindo o depoimento de James Comey, ex-diretor do FBI, em uma comissão do Senado, as eleições gerais do Reino Unido e a reunião do Banco Central Europeu.

A maioria das bolsas da Ásia encerrou o dia em território negativo, com o Nikkei do Japão fechando em baixa de cerca de 1%, enquanto o Shanghai Composite ganhou cerca de 0,3%.

Na Europa, bolsas por todo o continente atingiam a mínima de uma semana, com o DAX da Alemanha caindo 0,5% no pregão da metade da manhã, enquanto o FTSE 100 de Londres recuava 0,3%.

Em Wall Street, o blue chip futuros do Dow apontava para uma abertura com redução de 24 pontos, ou cerca de 0,1%, os futuros do S&P 500 caíam 4 pontos, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 recuava 5 pontos.

2. Dólar cai ao menor nível desde novembro

O dólar caía para a mínima de sete meses frente a uma cesta com outras importantes moedas nesta terça-feira, já que investidores ficavam mais cautelosos em meio temores com iminentes riscos geopolíticos.

As expectativas reduzidas de aumentos agressivos das taxas de juros nos EUA pelo Federal Reserve no segundo semestre do ano pesavam mais sobre a moeda.

O índice dólar, que acompanha a moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, recuava 0,1% para 96,69 no pregão matutino de Nova York. Durante a noite, chegou à mínima de 96,49, nível não visto desde 9 de novembro.

O euro permanecia pouco alterado frente ao dólar, em cerca de 1,1250, no caminho de volta à máxima de sete meses de 1,1285 atingida na sexta-feira.

A libra estava um pouco mais alta frente ao dólar, cotada a 1,2915, na sequência de um aumento durante a noite para 1,2950, máxima de 10 dias.

3. Rali de portos seguros antes de eventos arriscados

O sentimento dos investidores permanecia inclinado para ativos considerados portos seguros como o iene japonês, o ouro e os títulos do Tesouro antes de importantes eventos arriscados previstos para esta semana.

O dólar caía 0,7% frente ao iene, fixando-se em 109,68, nesta terça-feira após atingir 109,56 mais cedo durante a sessão, seu nível mais baixo desde 21 de abril.

Enquanto isso, contratos futuros de ouro atingiram o pico na sessão de US$ 1.292,41 a onça troy, nível não visto desde 19 de abril. Estava cotado a US$ 1.291,03, alta de US$ 8,30 ou cerca de 0,7%.

Por outro lado, o rendimento dos títulos do Tesouro norte-americano com vencimento em 10 anos caíam 2,5 pontos base para 2,156%, não muito distante da mínima de sete meses da semana passada de 2,144%.

4. Preços do petróleo continuam a subir

Preços do petróleo continuavam a subir devido a preocupações com a ruptura diplomática entre o Qatar e vários países árabes, incluindo a Arábia Saudita, que pode comprometer os esforços da OPEP em restringir o mercado.

O petróleo dos EUA tinha o barril negociado a US$ 47,28, uma queda de US$ 0,13 ou cerca de 0,3%, enquanto o petróleo Brent caía US$ 0,12 para US$ 49,35.

5. Bitcoin ultrapassa US$ 2.800 pela primeira vez

O bitcoin ultrapassou o nível de US$ 2.800 pela primeira vez nesta terça-feira e atingiu nova máxima histórica, já que o rali impressionante continua em meio a ruídos otimistas sobre o futuro da moeda.

Preços da moeda digital subiram para o pico do dia de US$ 2.873,30 na GDAX, corretora de Nova York, valor mais alto já registrado. Outras grandes corretoras como Poloniex, Bitfinex e BitStamp também apresentavam a criptomoeda em torno do nível de US$ 2.800 no início desta terça-feira.

Desde o início do ano, o preço do bitcoin subiu 195%, levando o valor total em circulação da criptomoeda para cerca de US$ 46 bilhões.

O otimismo em torno do bitcoin atiçou o apetite por outras criptomoedas. Uma em particular, conhecida como ethereum, está ganhando terreno.

O ethereum subiu de US$ 8,24 em 1º de janeiro para a máxima de US$ 259,15 nesta terça-feira. Isso representa um aumento colossal de 2.840% este ano.

Site: https://br.investing.com/news/economy-news/fique-por-dentro-das-5-principais-not%C3%ADcias-do-mercado-desta-ter%C3%A7a-feira-247915

 

Categories:
  AçõesAlemanhaArábiaÁsiaBCEBitcoinBolsa de valoresCâmbioCommodityCotacaoDólarEconomiaEleiçõesEUAEuroEuropaFEDGovernoIeneInflaçãoInvestimentoJapãoLibraLondresMercadoNew YorkOPEPOuroParmetalPetroleoReino UnidoTaxa de JurosTecnologiaTítulosWall Street
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 200