Liviu Dragnea exige que o Banco Nacional traga reservas de ouro mantidas no exterior de volta para a Romênia

2 meses atrás
Home  /  Câmbio  /  Liviu Dragnea exige que o Banco Nacional traga reservas de ouro mantidas no exterior de volta para a Romênia

Parece que a Rússia e a China não são os únicos procurando cobertura pra uma imprevisível nova crise mundial, agora é a vez da Romênia estar reclamando sobre as suas reservas guardadas no exterior.

dragnea-isarescu

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Liviu Dragnea, e o senador do PSD, Serban Nicolae, propuseram um projeto de lei para forçar o Banco Nacional a armazenar 95% das reservas de ouro da Romênia no país.

O projeto de lei destina-se a alterar a lei que estabelece o estatuto do Banco Nacional. Segundo o documento, a razão para essa demanda é que o ouro armazenado no exterior só produz custos adicionais com o armazenamento. O projeto de lei também quer eliminar o mundo “internacional” da terminologia usada pelo Banco Nacional em “reservas internacionais de ouro”.
As reservas de ouro da Romênia, no total de 103,7 toneladas, estão armazenadas em três países, segundo funcionários do Banco Nacional. Há três anos, a instituição anunciou que 60% das reservas de ouro estavam armazenadas no exterior. A situação não mudou – 61 toneladas de ouro é armazenado hoje no Tesouraria do Banco Nacional da Inglaterra, mais de 40 toneladas de ouro é mantido no Banco da Romênia em Bucareste e menos de cinco toneladas são armazenados no Banco dos Assentamentos Internacionais em Basileia, Suíça.
Funcionários do Banco Nacional dizem que manter uma parte significativa da reserva de ouro em Londres influencia a classificação do país e aumenta a credibilidade do mercado financeiro romeno. A instituição não demonstrou interesse em negociar ouro a partir das reservas para aumentar o valor, porque existe o risco de perder tudo, caso o banco de investimento responsável pelas transações falhe.

Em 2018, quando perguntados pela Business Review se eles estavam considerando mover a reserva de ouro da Grã-Bretanha depois do Brexit, funcionários do Banco Nacional disseram que não, já que Londres é um dos maiores centros financeiros do mundo.
Fonte: business-review.eu

Categories:
  CâmbioCommodityCotacaoDólarEconomiaEducaçãoEUAEuroEuropaInvestimentoMercadoOriente MédioOuroParmetal
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 000