Mercado americano se precipita com maior alta em 5 anos do DOW e S&P500, ouro fica mais caro na europa

8 meses atrás
Home  /  Banco Central  /  Mercado americano se precipita com maior alta em 5 anos do DOW e S&P500, ouro fica mais caro na europa

Nessa tarde o ouro se encontrava na Bolsa de Nova Iorque sendo cotado:
Variação:+16.50(+1.31%)
Compra: 1.272,10
Venda: 1.273,10
Alta: 1.279,80
Baixa: 1.270,80

De acordo com a paralisação parcial do governo dos EUA e as preocupações crescentes de uma recessão global, visado por altas nos metais preciosos. Parecem estar levando o ouro com mais segurança para o nível de US $ 1.300,00 por onça.
No spot Comex o ouro chegou a US $ 16,50, ou 1,31%, a US $ 1.272,10 pra liquidar uma onça-troiana. Foi o sexto mais alto perto em sete sessões para o metal amarelo.
O metal precioso atingiu uma alta de seis meses de US $ 1.279,80, um nível visto pela última vez desde junho, quando ficou em US $ 1.300.
A aversão ao risco gerou baixas recorde dos mercados na véspera de Natal, reforçando a posição do ouro como refúgio seguro.
Em Wall Street, a Down caiu quase 3%, enquanto o S & P 500 perdeu cerca de 2,64%, aproximando-se do território do Mercado hibernar no pior Natal já registrado, devido às preocupações com o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, de levantar a questão da liquidez bancária.
Os preços do petróleo, por sua vez, caíram quase 7%, levando a sucata de 10 semanas do petróleo dos EUA para 45%.
Relatórios sobre o fim de semana que Trump discutiu em particular sobre a possibilidade de demitir o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, a quem ele apontou, também aumentaram a posição do ouro como uma proteção contra problemas financeiros e políticos.
Mnuchin, no entanto, tentou desarmar a situação de Powell, dizendo em um tweet que Trump disse a ele que “nunca sugeriu demitir” o presidente do Fed.
O Fed subiu as taxas pela quarta vez este ano na semana passada e manteve a maior parte de sua orientação para aumentos adicionais nos próximos dois anos, provocando a ira de Trump, que repetidamente atacou o aperto do Fed como prejudicial à economia.
Em outros metais preciosos no COMEX, os futuros de prata subiram 0,9%, para US $ 14,84 por onça-troy.
O paládio ganhou 1,2%, para US $ 1.172,80 por onça, enquanto a irmã metálica platina perdeu 0,9%, para US $ 788,40.
Nos metais básicos, o cobre COMEX caiu 0,5% para US $ 2,66 por libra-peso.

Pela forte demanda europeia que fica alheia aos riscos da briga interna do governo americana entre o Fed e a Casa Branca, a união européia está preocupado com seus próprios interesses. Ao observar a tempestade que se aproxima no horizonte de uma possível nova recessão européia depois de 6 anos da última crise.

Essa crise será liderada pela França, junto com a Itália e Espanha dos escandalos de Rajoy, e mesmo com os últimos sinais de recuperação da econoima européia e a revisão de crescimento de 1,9% ano que vem divulgado ao mesmo tempo pela Comissão Européia, FMI e pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico . Um crecimento que é de certo garantido pela afimração de aumento nos uros pelo BCE, Banco da Inglaterra e Banco Real

Screen Shot 2018-12-26 at 19.10.42
Fonte: Metals Daily

O Dow Jones obteve , Indíce de Padrão Industrial teve a maior reviravolta já registrada na data de hoje. Após um raro descanso depois de um mês de queda a Dow Jones obteve 22.878,45 pontos +1.086,25 (4,98%) junto com a S&P500 que fechou com 2.861 potos, um toque deistãncia do último recorde de janeiro.

Category:
  Banco Central
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 000