O Brasil vai ganhar esta batalha. Informações do Mercado – Abertura: 17/03/2016 12:34

5 anos atrás
Home  /  Brasil  /  O Brasil vai ganhar esta batalha. Informações do Mercado – Abertura: 17/03/2016 12:34

O Brasil vai ganhar esta batalha.
Informações do Mercado – Abertura: 17/03/2016 12:34
Por: Moacir Camargo – Economista da Parmetal DTVM

O medo maior dos investidores internacionais para com seu patrimônio aplicado no Brasil era de que, por tradição pacífica e de um histórico de conformismo, o povo brasileiro aceitaria e logo esqueceria o que representa a nomeação do ex-presidente Lula para a pasta ministerial da Casa Civil. Com vários eventos de protesto o mercado de capitais brasileiro reage positivamente, voltando a crer que mudanças estão por vir. Segue eventos: Suprema Corte mantem decisão sobre impeachment, o povo saiu às ruas em peso ontem a noite, manifestações contrárias no congresso ontem e hoje de manhã, debandada da base de apoio ao governo (possível desembarque do PMDB, o vice-presidente não participar da cerimônia de posse de Lula, ministro do esporte entrega o cargo como forma de protesto esta manhã, Eduardo Cunha marca para 18/3 -próxima quinta-feira- a eleição da comissão do impeachment).

Bolsa brasileira avança +4,44%, e já volta a operar acima dos 50.000 pontos. As Bolsas europeias operam em baixa, com exceção para as Bolsas da Inglaterra (ligeira alta por conta da manutenção da taxa de juros pelo BoE em 0,5% ao ano) e de Portugal. As Bolsas americanas digerem a sobremesa que foi o discurso de ontem de Janet Yellen do Fed, e comemora os dados favoráveis, divulgados hoje, sobre o emprego e operam em alta. E a China em mais um dia de otimismo e bom desemprenho graças ao posicionamento do novo presidente do órgão regulador do mercado de capitais.

Principais Bolsas Mundiais e índices (11:56):
• Dow 30: +0,38% (em operação)
• Nasdaq: +0,03% (em operação)
• S&P/TSX: +1,00% (em operação)
• Ibovespa +4,44% (em operação)
• DAX: -1,33% (em operação)
• FTSE 100: +0,09% (em operação)
• CAC 40: -0,72% (em operação)
• Euro Stoxx 50: -1,00% (em operação)
• IBEX 35: -0,42% (em operação)
• FTSE MIB -1,16% (em operação)
• SMI: -0,79% (em operação)
• Nikkei 225: -0,22%
• CSI 300: +1,11%
• Hang Seng +1,21%
• KOSPI: +0,66%

O Ouro passou alguns dias em queda, na expectativa de que o Fed aumentasse os juros pelo fato de que a inflação americana converge para a meta, mas Yellen, de forma cautelosa, manteve a taxa de juros. Sendo assim, o ouro retomou sua trajetória de alta e é cotado a US$ 1.266,10 a onça troy, computando alta de +2,95%. Na Parmetal, o ouro abriu o mercado cotado em R$ 145,49 o grama para compra e R$ 147,41 para venda, baixa de -1,43%, tendo sua valorização comprometida, pois o ganho de valor com a alta internacional do metal foi compensado pela queda brusca na cotação do dólar, variável de cálculo da paridade.

Indicadores – Abertura do Mercado:
• Ouro – NY (Ozt.) US$ 1.259,80 +2,13%
• Petróleo (Brent) US$ 40,44 +3,30%
• Milho (Ton) US$ 368,50 +0,17%
• Ibovespa (pts.) 47.853,16 +1,53%
• Dólar – US$ R$ 3,7401 -0,69%
• Euro – € R$ 4,1957 +0,31%
• Poupança (mês / Acum. 2016) +0,7179% +2,6997%
• Inflação – IPCA (mês / 12 meses) +1,27% +10,7063%
Observação: o percentual calculado é feito com relação a cotação de abertura do dia anterior.

Categories:
  BrasilCâmbioChinaCommodityCotacaoDólarEconomiaEmpregoEUAEuropaFEDIbovespaInvestimentoLegislacaoMercadoMineracaoOuroPIBPolíticaTaxa de Juros
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 100