Ouro em baixa com menores tensões geopolíticas e dólar mais firme

8 meses atrás
Home  /  Banco Central  /  Ouro em baixa com menores tensões geopolíticas e dólar mais firme

30.04.2018

Publicado: (30.04.2018 05:42)

Por: Investing.com

A cotação do ouro caía nesta segunda-feira, aproximando-se de sua recente mínima de cinco semanas uma vez que as tensões geopolíticas diminuíam e um dólar mais forte pesava na demanda pelo metal precioso.

Contratos futuros de ouro com vencimento em junho na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York recuavam US$ 5,10, ou 0,38%, para US$ 1.318,30 a onça troy por volta das 05h40, reaproximando-se de US$ 1.315,70, mínima de cinco semanas atingida na quinta-feira.

A demanda por portos seguros como o ouro diminuía uma vez que tensões geopolíticas na península coreana se acalmavam.

Enquanto isso, o dólar subia, recuperando-se após ter recuado na sexta-feira da máxima de três meses e meio. O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, avançava 0,19% para 91,48.

Uma moeda norte-americana mais forte torna o ouro, que é cotado em dólar, mais caro para compradores de outros países.

O índice dólar subiu 1,37% na semana passada, impulsionado pelo aumento nos rendimentos de títulos dos EUA e pela possibilidade de ritmo mais acelerado de aumentos de juros do Federal Reserve neste ano.

O rendimento nos títulos do Tesouro norte-americano com vencimento em 10 anos subiu acima de 3% pela primeira vez desde 2014 na semana passada em meio a expectativas de inflação.

Esse rendimento mais tarde deixou esse nível e estava em 2,964%.

O recente aumento nos rendimentos de títulos do Tesouro dos EUA alimentou preocupações dos investidores a respeito de taxas de juros mais altas, que tendem a tornar ativos que não possuem rendimentos, como o ouro, menos atrativos a investidores.

Eles voltavam suas atenções à reunião do Fed e ao relatório de abril das folhas de pagamento não agrícolas ainda nesta semana.

É improvável que o Fed eleve as taxas de juros na conclusão de sua reunião de dois dias na quarta-feira após ter elevado os juros em março, mas a declaração do banco central será atentamente observada em meio a especulações se a instituição irá elevar as taxas de juros quatro vezes neste ano em vez das três sinalizadas pelos seus decisores.

Em outras negociações de metais preciosos, contratos futuros de prata recuavam 0,19% para US$ 16,37 a onça troy, ao passo que contratos futuros de platina estavam em baixa de 0,85% e eram negociados a US$ 908,50.

Entre outros metais de base, contratos futuros de cobre subiam 0,44% e eram negociados a US$ 3,083 a libra.

Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/ouro-em-baixa-com-menores-tensoes-geopoliticas-e-dolar-mais-firme-581268

Categories:
  Banco CentralCobreCommodityCotacaoDólarEUAFEDGeopolíticosInflaçãoLibraMoedasNova YorkOuroPlatinaPrataTaxa de JurosTítulos
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 000