Ouro pouco alterado enquanto investidores ignoram míssil da Coreia do Norte

4 anos atrás
Home  /  Ações  /  Ouro pouco alterado enquanto investidores ignoram míssil da Coreia do Norte

A participant stands beside an illustration of gold at a booth during LME Week Asia in Hong Kong

Publicado: (29.11.2017 06:16)

Por: investing.com

Preços do ouro estavam amplamente inalterados nesta quarta-feira, já que a maioria dos investidores deixava de lado o último lançamento de um míssil feito pela Coreia do Norte enquanto aguardavam comentários do comando do Federal Reserve e um lote de dados econômicos norte-americanos na busca de novas indicações sobre a possível trajetória da política monetária.

Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, contratos futuros de ouro estavam cotados a US$ 1.295,71 a onça troy por volta das 06h15, pouca alteração a partir do fechamento da sessão passada. No início da semana, chegaram a US$ 1.299,00, seu melhor nível desde 16 de outubro.

Os preços do ouro registraram um pequeno ganho na terça-feira, já que investidores encontraram poucas informações que pudessem afetar expectativas quanto à política de taxa de juros dos EUA na audiência de confirmação da Comissão de Atividade Bancária do Senado de Jerome Powell, diretor do Federal Reserve.

Na quarta-feira em horário local, a Coreia do Norte lançou um míssil balístico intercontinental que pousou no Mar do Japão, de acordo com o Pentágono.

O lançamento, o primeiro de Pyongyang desde 25 de setembro, aconteceu após os EUA terem classificado a Coreia do Norte como um país que apoia o terrorismo em 20 de novembro. Mais tarde, o estado isolado se gabou perante a mídia local que seu novo míssil seria capaz de atingir os EUA.

Apesar disso, a maioria dos mercados deixavam as notícias de lado e o ouro não conseguia atrair sustentação como porto seguro.

Ainda hoje, Janet Yellen, presidente do Federal Reserve que está deixando o cargo, deverá falar sobre perspectiva econômica perante a Comissão Econômica Conjunta do Congresso, o que pode fornecer aos participantes do mercado indícios sobre o progresso da economia.

Investidores deverão observar de perto os comentários de Yellen após ela alertar que a tendência de inflação baixa limita as possibilidades de mais aumentos de juros.

O Livro Bege do Federal Reserve, um relatório que inclui evidências empíricas sobre a saúde da economia de 12 regiões, oferecerá mais indicações sobre a trajetória das alterações na taxa de juros dos EUA e o progresso da economia.

Com relação a dados, o calendário de quarta-feira traz a segunda estimativa do crescimento do PIB no terceiro trimestre, que deverá mostrar uma leve revisão para cima de 3,0% para 3,2%. Um relatório sobre vendas pendentes de imóveis também está na agenda.

O banco central norte-americano deverá realizar sua última reunião do ano de política monetária em 12 e 13 de dezembro, com futuros da taxa de juros agora apostando em cerca de 100% de chances de um aumento das taxas em dezembro, de acordo com o Monitor da Taxa da Reserva Federal do Investing.com.

No entanto, os mercados parecem duvidar da capacidade do banco central elevar as taxas tanto quanto o desejado no ano que vem devido a preocupações com a perspectiva lenta de inflação.

O ouro é muito sensível a movimentos nas taxas norte-americanas, o que aumenta o custo de oportunidade de se ter ativos de baixo rendimento como o metal amarelo, ao passo que se impulsiona o dólar, moeda na qual o metal é cotado.

Enquanto isso, a reforma tributária dos EUA continuava em foco após a Comissão Orçamentária do Senado aprovar o projeto de lei sobre impostos do Partido Republicano, uma etapa crucial para a votação ainda nesta semana.

Os republicanos no Senado possuem 52 assentos e podem perder apenas dois votos para ainda aprovarem o projeto de lei de acordo com regras especiais de orçamento.

Em outras negociações de metais, contratos futuros de prata avançavam US$ 0,02, ou 0,1%, para US$ 16,84 a onça troy, a platina subia 0,1% para US$ 954,15, ao passo que o paládio tinha queda de 0,1% e estava cotado a US$ 1.019,48 a onça.

Além disso, contratos futuros de cobre recuavam US$ 0,008, ou 0,3%, para US$ 3,096 a libra.


Site: https://br.investing.com/news/not%C3%ADcias-de-commodities-e-futuros/ouro-pouco-alterado-enquanto-investidores-ignoram-missil-da-coreia-do-norte-546854

Categories:
  AçõesBanco CentralBolsa de valoresCâmbioCobreCommodityCoreia do NorteDólarEconomiaEUAFEDGeopolíticosNova YorkOuroPaládioTaxa de Juros
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 100