Preços de importação nos EUA recuam em agosto, preços de exportação caem

3 anos atrás
Home  /  Câmbio  /  Preços de importação nos EUA recuam em agosto, preços de exportação caem

shipping_2_800x533_L_1412606314

Fonte: Investing.com 

Os preços de importação caíram pela primeira vez em seis meses em agosto, ao passo que os preços de exportação registraram uma queda inesperada, pela primeira vez, no mesmo período.

Em um relatório, o Banco Central dos EUA (Fed) disse que a produção industrial caiu por um ajuste sazonal de 0,2% no mês passado, melhor do que as expectativas para uma queda de 0,1%. Os preços de importação da zona do euro subiu 0,1% em julho.

Os preços de exportação caíram inesperadamente em um ajuste sazonal de 0,8% em agosto, em comparação com as expectativas para um aumento de 0,1% e na sequência de um ganho de 0,2% no mês anterior.

Após o relatório, EUR/USD foi negociado a 1,1225, de 1,1219, antes da divulgação dos dados, GBP/USD ficou em 1,3195 de 1,3187 no início do dia, ao passo que USD/JPY} ficou em 102,81, de 102,82 no início do dia.

O índice do dólar, que acompanha o desempenho do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas mundiais, ficou em 95,54, em comparação com 95,59 antes do relatório.

Enquanto isso, as bolsas norte-americanas apontaram abertura em alta. Os futuros do Dow subiram 29 pontos, ou 0,16%, os futuros de S&P500 avançaram 5 pontos, ou 0,21%, ao passo que os futuros de Nasdaq 100 indicaram um ganho de 16 pontos, ou 0,33%.

Em outros lugares, no mercado de commodities, os futuros de ouro foram negociados a US$ 1.325,05 por onça-troy, em comparação a US$ 1.325,35 antes dos dados, ao passo que o petróleo foi negociado a US$ 44,64 por barril, de US$ 44,62 no início do dia.

Site: http://br.investing.com/news/indicadores-econ%C3%B4micos/pre%C3%A7os-de-importa%C3%A7%C3%A3o-nos-eua-recuam-em-agosto,-pre%C3%A7os-de-exporta%C3%A7%C3%A3o-caem-202947

 

 

Categories:
  CâmbioCobreCommodityCotacaoDólarEconomiaEUAExportaçãoFEDImportaçãoInflaçãoInvestimentoMercadoOuroPetroleo
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 300