Preços do ouro se recuperam após Fed agir para descongelar mercados

3 semanas atrás
Home  /  Câmbio  /  Preços do ouro se recuperam após Fed agir para descongelar mercados

A gold bar is displayed at the currency museum of Lebanon's Central Bank in Beirut

Os preços do ouro se recuperaram na terça-feira (17) após o Federal Reserve agir para restaurar a liquidez nos mercados de financiamento de curto prazo dos EUA, reduzindo a necessidade de venda forçada por investidores de portfólio.

O Fed disse que iria reintroduzir um programa de compras de papel comercial, um mercado de US$ 1,1 trilhão usado por empresas para financiamento de curto prazo, que mostrou sinais crescentes de congelamento nos últimos dias.

Às 15h36 (horário de Brasília), os futuros do ouro para entrega na Comex estavam em alta de 3,19%, a US$ 1.533,90 por onça, sua máxima desde sexta-feira.

O ouro spot estava em alta de 1,25% a US$ 1.534,13 por onça.

No entanto, os futuros da prata e do cobre continuaram a ceder terreno, enquanto o mercado revisou para baixo suas previsões de qualquer coisa com um elemento cíclico após o alerta do presidente Donald Trump na segunda-feira de que o surto de coronavírus poderia levar a economia dos EUA para uma recessão.

Os futuros da prata estavam em queda de 1,06%, a US$ 12,66 por onça, enquanto os futuros do cobre caíram 3,16% para US$ 2,317 por onça, sua mínima desde outubro de 2016.

“O ouro pareceu perder seu status de porto seguro na semana passada e não tem estado imune ao choque de volatilidade”, disse Benjamin Jones, pesquisador de ativos múltiplos da State Street Global Markets, em comentários enviados por e-mail, acrescentando que a necessidade de atender a chamadas de margens e cobrir perdas em outros ativos são as razões mais prováveis para as retiradas de ETFs com lastro em ouro nos últimos dias.

No entanto, ele argumentou que a previsão fundamental de médio prazo para o ouro permanece forte, graças à perspectiva de um período sustentado de taxas de juros reais baixas ou negativas no mundo desenvolvido.

“Os bancos centrais estão cortando taxas, de maneira emergencial, a zero após o Covid-19”, disse Jones. “Seria necessário um milagre para ver os bancos centrais mudarem de abordagem em breve enquanto a incerteza ao redor do impacto econômico do vírus irá permanecer mesmo que o número de casos comece a cair.”

Os números de casos ainda não estão mostrando sinais de cair. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA reportou um aumento de 21% em casos confirmados às 17h de segunda-feira.

Sua colega europeia reportou um aumento de 18% nos casos confirmados para mais de 61 mil.

FONTE: Investing

Categories:
  CâmbioCommodityCotacaoDólarEconomiaEUAInvestimentoMercadoOuroParmetal
Esse post foi compartilhado 0 vezes
 000